Pular para o conteúdo principal

SEM FORMA E VAZIO

"No princípio criou Deus os céus e a terra. E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas"(Gênesis 1:1,2)

A bíblia nos mostra, no princípio criacional, Deus vendo esta terra sem forma, vazia, sem nada. A terra não tinha um aspecto, não tinha um perfil. Mas o criador, onipotente, disse: "Haja luz", e a luz foi feita. Muitas pessoas dizem por aí que o mundo foi feito do "nada". Errado! O mundo não foi feito do nada. O mundo foi feito de um material chamado Palavra. Para tudo que Deus criou, Ele pronunciou. Então, descobrimos aqui, que tudo o que Deus faz, Ele anuncia, Ele fala, Ele diz e faz valer a sua Palavra. A sua palavra cria realidade! O que é impossível aos olhos dos homens, se Deus falou que vai te dar, pode esperar!!! A vitória é certa! Não há o que duvidar. Deus é Deus de Palavra!

Mas quantas vezes na vida somos surpreendidos pelo inesperado, e as surpresas da vida vêem abalar a nossa fé, e chegamos a pensar que tudo que Deus nos prometeu não passa de ilusão? Quantas vezes, no meio da luta, chegamos a pensar que Deus nos abandonou, não vai com a nossa cara, esqueceu de nós, não é verdade? A nossa limitação humana nos faz pensar que o nosso criador esqueceu de nós, e está muito longe. Mas isso não é verdade! É nesse exato momento que o Senhor Jesus está bem ao nosso lado. Mas mesmo assim nos achamos indignos de passar pelo que passamos, visto que somos cristãos. A revolta contra Deus encontra espaço em nosso coração, porque pensamos que não precisamos passar por nenhuma aflição, porque somos crentes. Isso é seta do inimigo.

Você sabe porque um coqueiro é tão difícil de ser arrancado do chão? As suas raízes entranham tanto a terra que os funcionários da prefeitura, quando tem que tirá-lo, serram as raízes. Não é fácil. O coqueiro, quanto mais vento ele sofre, mais as suas raízes se enfiam terra adentro. Se ele não sofresse nenhum vento, seria derrubado facilmente. O cristão é como um coqueiro. Os ventos em sua vida servem para enraizá-lo a cada dia mais na Rocha Eterna que é Cristo. O Senhor ele não tira você do vento, mas Ele passa junto com você! Você pode se sentir sozinho, mas não está. Nunca estará!

Eu não sei de que maneira você se encontra hoje. Não sei se você está sem forma, vazio, ou se encontra em trevas por algum motivo em sua vida. Mas eu posso te dizer uma coisa com toda certeza: O Espírito de Deus está se movendo sobre a sua vida, sobre o seu ser. E Ele quer te encher. Te encher aí agora se você der lugar!!! Crê nisto??? É somente crer! Ele quer te dar forma, quer te dar luz! Ele quer preencher o teu vazio. Esse vazio que é do tamanho Dele, e por isso somente Ele pode preencher. O homem não pode preencher este vazio. O mundo não pode. O dinheiro não pode. Os amigos também não podem. Mas somente Deus pode preencher! Ainda que muitos te julguém pela tua aparência, saiba que Deus não vê como vê o homem!!!

"Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a altura da sua estatura, porque o tenho rejeitado, porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração"(1 Samuel 16:7)

Que Deus te abençoe rica e poderosamente em nome de Jesus!
É o meu desejo,
Marcos

Comentários

Anônimo disse…
Palavra abençoada e poderosa. Que Deus continue te abençoando a cada dia mais. Amém.
Ass: Matheus Pilro

Postagens mais visitadas deste blog

O GRITO QUE PAROU JESUS

Havia um homem interessante que andava sempre de bermudas, chinelos, com a barba crescida, e com os cabelos desalinhados! Ele parecia mesmo como um “doidão varrido”, precisava ver só! Era uma figura! O que ele fazia? Ele, simplesmente gritava e gargalhava! Ele parecia que não parava para comer! Era pelas manhãs, às vezes pelas tardes, noites, e também pelas madrugadas da vida! Ele incomodava, viu? Um grito primeiro e, depois, outro grito, complementando o primeiro e era assim que ele fazia: Primeiro: -“ Eu vou dar um grito, aqui, heim!” Segundo: - “Não faz isso, não!” Depois, soltava uma gargalhada gostosa: “Quá - Quá - Quá - Quá – Quá!” Andava, um pouco mais, e explodia outra! Mas, a bem da verdade, aquele era um GRITO INÚTIL! Era um grito incômodo, como o de Bartimeu. Ele estava gritando, ainda que de forma ERRÔNEA, mas gritava a dor do “eu” sozinho, da carência afetiva que, certamente, lhe faltava , ou a dor da incompreensão, da falta de seus parentes ou amigos, a dor dos incomodados que quer…

CADÊ A ALIANÇA DO CORAÇÃO?

— E aí, tudo bem? — pergunto. — Ah, mais ou menos — ela responde. Já vejo na resposta que ela precisa e quer desabafar. Vou perguntando, até que ela desabafa... — Olha, eu recebo as coisas que eu quero, mas minha vida não muda. Eu vou à igreja, oro por minha família e por minha vida financeira, vejo resultados, mas ainda falta algo. Acabei de chegar de uma reunião abençoada em uma de nossas igrejas e, ao fim, estava conversando com essa senhora e resolvi escrever sobre o episódio. Enquanto ela falava, eu prestava atenção olhando para a aliança em meu dedo e foi quando as palavras me vieram: - A senhora está vendo essa aliança? Sabe o que ela significa?
Ela me olhou espantada, deve ter pensado que eu era uma louca, pois não tinha nada a ver com o assunto, mas agora toda sua atenção era minha. Meu marido estava no altar aconselhando, eu apontei para ele e disse: — Quando me casei com ele, eu me comprometi a cuidar dele, ser fiel, ser companheira, fazê-lo feliz e amá-lo de todo coração. …

3. A BÊNÇÃO DE OFERTAR

Devemos entender a benção de ser um ofertante.
Tudo que for semeado produzirá. Quem plantar pouco colherá pouco. Mas aquele que for generoso no ofertar ceifará de modo abundante, pois agrada a Deis. Dessa forma, o poder do Altíssimo operará com liberalidade em seu viver. Pela declaração do apostolo, para quem semeia com mãos fartas, o retorno será na mesma proporção. (2 Coríntios 9.6) Lembrem-se: aquele que semeia pouco, também colherá pouco, e aquele que semeia com fartura, também colherá fartamente.

OFERTA É SINAL DE OBEDIÊNCIA
Nessa passagem, Paulo discorreu mais sobre o ato de ofertar. Sem duvida, Deus não age com ganância – mas com amor – quando nos toca a fim de que contribuamos com certa oferta. É o seu amor paterno que nos fala ao coração a quantia exata a ser doada, e ela não fará falta; ao contrario, trará um retorno abundante.
Quem pouco semeia também colhe pouco, pois essa colheita vem sem a abundância referida na Palavra. Por outro lado, aquele que não é regrado no dar e ofer…