Pular para o conteúdo principal

CONHECENDO A GRAÇA DE DEUS




Texto-base: Romanos 5.18


Objetivo geral: Doutrinário
Propósito específico: Devemos entender o propósito da Graça de Deus.

INTRODUÇÃO

Os teólogos classificam a graça como favor imerecido. Tal conceituação teológica é real, mas fraca, pois deixa a desejar em mais informações. Perece que quem cunhou essa frase não sabia buscar do Senhor uma revelação mais profunda.

Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos homens, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida. Romanos 5.18

A GRAÇA NOS TORNA QUEM DEUS QUER QUE SEJAMOS

Entendo que graça é o maravilhoso mover de Deus, o qual faz com que o Senhor nos enxergue do modo como Ele deseja que sejamos. Só mesmo esse favor imerecido em ação pode fazer tal coisa por nós, que não temos nada que nos recomende a tal Ser tão santo e puro.

Ao recebermos a graça divina, somos purificados e podemos ficar diante do Altíssimo como se jamais tivéssemos feito algo de errado. Essa dádiva resgatou o homem, que foi expulso do Paraíso por causa do pecado, para andar novamente com o Senhor.

Por esse motivo, não temos de temer ou achar que não podemos apresentar-nos a Deus. Caso seja aceita em toda a sua extensão, a graça divina faz em nós uma obra tão grandiosa, que o sentimento de indignidade não mais povoa nosso coração.

A GRAÇA NOS DÁ LIVRE ACESSO A DEUS

Ao sermos alvos da graça do Senhor, voltamos à presença dEle. Agora, tal como Adão se encontrava antes do pecado, podemos estar, constantemente, diante de Deus. Temos condições de falar com Ele e sermos ouvidos.

Podemos separar momentos presos e dedica-los à comunhão com o Pai. Ele vem e nos visita, conforta, orienta, cura, abençoa, limpa de todo mal e ainda nos reveste de poder para agir em Seu Nome e fazer as mesmas coisas que fazia e faria se estivesse em nosso lugar.

CONCLUSÃO

Graça, quão maravilhosa é a graça, pois me fez crer na bendita Palavra do meu Pai e me deu condições de possuir a justificação para a vida! Mas o melhor é que não sou o único, pois essa benção está disponível a todos.

Em Cristo

Marcos Ferreira
03/10/2012

by RRSoares

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O GRITO QUE PAROU JESUS

Havia um homem interessante que andava sempre de bermudas, chinelos, com a barba crescida, e com os cabelos desalinhados! Ele parecia mesmo como um “doidão varrido”, precisava ver só! Era uma figura! O que ele fazia? Ele, simplesmente gritava e gargalhava! Ele parecia que não parava para comer! Era pelas manhãs, às vezes pelas tardes, noites, e também pelas madrugadas da vida! Ele incomodava, viu? Um grito primeiro e, depois, outro grito, complementando o primeiro e era assim que ele fazia: Primeiro: -“ Eu vou dar um grito, aqui, heim!” Segundo: - “Não faz isso, não!” Depois, soltava uma gargalhada gostosa: “Quá - Quá - Quá - Quá – Quá!” Andava, um pouco mais, e explodia outra! Mas, a bem da verdade, aquele era um GRITO INÚTIL! Era um grito incômodo, como o de Bartimeu. Ele estava gritando, ainda que de forma ERRÔNEA, mas gritava a dor do “eu” sozinho, da carência afetiva que, certamente, lhe faltava , ou a dor da incompreensão, da falta de seus parentes ou amigos, a dor dos incomodados que quer…

CADÊ A ALIANÇA DO CORAÇÃO?

— E aí, tudo bem? — pergunto. — Ah, mais ou menos — ela responde. Já vejo na resposta que ela precisa e quer desabafar. Vou perguntando, até que ela desabafa... — Olha, eu recebo as coisas que eu quero, mas minha vida não muda. Eu vou à igreja, oro por minha família e por minha vida financeira, vejo resultados, mas ainda falta algo. Acabei de chegar de uma reunião abençoada em uma de nossas igrejas e, ao fim, estava conversando com essa senhora e resolvi escrever sobre o episódio. Enquanto ela falava, eu prestava atenção olhando para a aliança em meu dedo e foi quando as palavras me vieram: - A senhora está vendo essa aliança? Sabe o que ela significa?
Ela me olhou espantada, deve ter pensado que eu era uma louca, pois não tinha nada a ver com o assunto, mas agora toda sua atenção era minha. Meu marido estava no altar aconselhando, eu apontei para ele e disse: — Quando me casei com ele, eu me comprometi a cuidar dele, ser fiel, ser companheira, fazê-lo feliz e amá-lo de todo coração. …

TRANSFERÊNCIA DE RIQUEZA

A Palavra de Deus diz: "Cantem de alegria, e seja feliz, que favorecem a minha causa justa" (Salmo 35:27). Isso significa que, aqueles que apóiam o Evangelho, fala aqui como Seu "causa justa", vai gritar de alegria e ser feliz! Estamos vendo gloriosas vitórias na terra hoje como o Evangelho está sendo pregado para as nações do mundo, e milhões de pessoas estão vindo para o reino.Esse versículo continua: "Sim, diga-se continuamente, que o Senhor seja ampliada, que tem prazer na prosperidade do seu servo." É vontade de Deus que você prosperar!Na verdade, a Palavra de Deus explica que estamos entrando em um momento em que veremos uma transferência de riqueza gloriosa para a pregação do Evangelho, para o financiamento da colheita do fim dos tempos. O dia virá em que a riqueza do pecador será dada aos justos: "O homem de bem deixa uma herança aos filhos de seus filhos: ea riqueza do pecador é depositada para o justo" (Provérbios 13:22).Já ho…