Pular para o conteúdo principal

ENFRENTANDO A PERSEGUIÇÃO



Texto-base: Atos 16.20
Objetivo geral: Consolo/Alento

Propósito específico: Devemos enfrentar toda perseguição que se levantar contra nós.

INTRODUÇÃO

Quem é de Deus deve preparar-se, pois, possivelmente, será discriminado. Nós, cristãos, perturbamos a “tranquilidade” do diabo, e isso revolta seus súditos. Satanás sempre usou todos os meios para destruir o povo do Senhor. Por isso, temos de estar prontos e não podemos permitir que nada nem ninguém nos separem do amor de Deus (Rm 8.38, 39).

E, apresentando-os aos magistrados, disseram: Estes homens, sendo judeus, perturbaram a nossa cidade. Atos 16.20

O VERDADEIRO CRISTÃO SOFRERÁ PERSEGUIÇÃO

A Palavra declara que o mundo jaz no maligno (1Jo 5.19), portanto, vivemos em meio à ação do inimigo. Entretanto, não somos do mundo (Jo 15.19), e, por isso, ele não nos pode influenciar, tampouco nos dirigir. Então, ao sofrermos discriminação, devemos lembrar-nos de que é o adversário que, ressentindo-se da nossa posição em Cristo, faz com que os infiéis – os quais devemos alcançar com a verdade e o amor de Deus – levantem-se contra nós.

Até o nosso sucesso incomoda os que ainda não se entregaram ao Altíssimo. Por isso, ser discriminado é algo pelo qual os cristãos devem esperar, afinal, o maligno sempre procurou acabar com o povo do Senhor. Abraão, por exemplo, teve de usar de sabedoria para que Faraó não o matasse quando o governante egípcio, interessado em Sara – a qual ele acreditava ser irmã do patriarca –, descobriu que, na verdade, ela era esposa de Abraão (Gn 12). Em outra circunstância, esse servo do Altíssimo também teve de ser paciente, quando precisou esperar pelo cumprimento da Palavra, que ocas, como era de se esperar, esse rei teve a merecida recompensa (Dt 25.17-19).

O VERDADEIRO CRISTÃO VENCERÁ A PERSEGUIÇÃO

O inimigo tem ódio mortal dos servos do Senhor, por isso, sempre se esforçou para riscar do mapa a descendência santa. No entanto, ele jamais conseguiu nem conseguirá isso, porque os Filhos de Deus são guardados por Ele, e nenhum mal lhes sobrevém (Sl 9ª.9,10). No entanto, perseguições e tentativas de aniquilamento ocorrerão em todo tempo para tentar separar-nos do amor de Deus. Diante dessa situação, não se aflija, mas siga os mandamentos divinos, pois a obediência leva o testemunho da verdade aos corações mais endurecidos pelas trevas.

A nossa fé e a santidade que nos envolve e nos dirige incomodam o inimigo, o qual, na tentativa de nos parar faz com que seus súditos se revoltem contra nós. Se alguém ferir você, ofereça a outra face (Mt 5.38-42), pois quem sofrer por amor a Cristo receberá uma grande recompensa (Tg 5.10,11).

CONCLUSÃO

À feitura do Mestre, nossa missão é lançar o fogo de Deus na terra (Lc 12.49), o qual queima o pecado, causa um terremoto no reino infernal e liberta as pessoas de todas as ações diabólicas. Então, se você vier a sofrer qualquer dano por amor ao Senhor, alegre-se, porque seu galardão será grande. Lembre-se: Jesus disse que, no mundo, teríamos aflições (Jo 16.33).

Em Cristo                          
Marcos Ferreira
12/11/2012


By RRSoares
http://4.bp.blogspot.com/-xtZhoLN_lH4/UJ3cHHRrf8I/AAAAAAAABjg/K0d5qd3yi28/s1600/180+esbo%C3%A7o.jpg

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O GRITO QUE PAROU JESUS

Havia um homem interessante que andava sempre de bermudas, chinelos, com a barba crescida, e com os cabelos desalinhados! Ele parecia mesmo como um “doidão varrido”, precisava ver só! Era uma figura! O que ele fazia? Ele, simplesmente gritava e gargalhava! Ele parecia que não parava para comer! Era pelas manhãs, às vezes pelas tardes, noites, e também pelas madrugadas da vida! Ele incomodava, viu? Um grito primeiro e, depois, outro grito, complementando o primeiro e era assim que ele fazia: Primeiro: -“ Eu vou dar um grito, aqui, heim!” Segundo: - “Não faz isso, não!” Depois, soltava uma gargalhada gostosa: “Quá - Quá - Quá - Quá – Quá!” Andava, um pouco mais, e explodia outra! Mas, a bem da verdade, aquele era um GRITO INÚTIL! Era um grito incômodo, como o de Bartimeu. Ele estava gritando, ainda que de forma ERRÔNEA, mas gritava a dor do “eu” sozinho, da carência afetiva que, certamente, lhe faltava , ou a dor da incompreensão, da falta de seus parentes ou amigos, a dor dos incomodados que quer…

CADÊ A ALIANÇA DO CORAÇÃO?

— E aí, tudo bem? — pergunto. — Ah, mais ou menos — ela responde. Já vejo na resposta que ela precisa e quer desabafar. Vou perguntando, até que ela desabafa... — Olha, eu recebo as coisas que eu quero, mas minha vida não muda. Eu vou à igreja, oro por minha família e por minha vida financeira, vejo resultados, mas ainda falta algo. Acabei de chegar de uma reunião abençoada em uma de nossas igrejas e, ao fim, estava conversando com essa senhora e resolvi escrever sobre o episódio. Enquanto ela falava, eu prestava atenção olhando para a aliança em meu dedo e foi quando as palavras me vieram: - A senhora está vendo essa aliança? Sabe o que ela significa?
Ela me olhou espantada, deve ter pensado que eu era uma louca, pois não tinha nada a ver com o assunto, mas agora toda sua atenção era minha. Meu marido estava no altar aconselhando, eu apontei para ele e disse: — Quando me casei com ele, eu me comprometi a cuidar dele, ser fiel, ser companheira, fazê-lo feliz e amá-lo de todo coração. …

TRANSFERÊNCIA DE RIQUEZA

A Palavra de Deus diz: "Cantem de alegria, e seja feliz, que favorecem a minha causa justa" (Salmo 35:27). Isso significa que, aqueles que apóiam o Evangelho, fala aqui como Seu "causa justa", vai gritar de alegria e ser feliz! Estamos vendo gloriosas vitórias na terra hoje como o Evangelho está sendo pregado para as nações do mundo, e milhões de pessoas estão vindo para o reino.Esse versículo continua: "Sim, diga-se continuamente, que o Senhor seja ampliada, que tem prazer na prosperidade do seu servo." É vontade de Deus que você prosperar!Na verdade, a Palavra de Deus explica que estamos entrando em um momento em que veremos uma transferência de riqueza gloriosa para a pregação do Evangelho, para o financiamento da colheita do fim dos tempos. O dia virá em que a riqueza do pecador será dada aos justos: "O homem de bem deixa uma herança aos filhos de seus filhos: ea riqueza do pecador é depositada para o justo" (Provérbios 13:22).Já ho…