Pular para o conteúdo principal

NUNCA MAIS O MESMO



Na orientação dada por Deus a Gideão, vi algo que nunca havia observado antes, e sei que ajudará você, que tem perdido muitas BATALHAS, a ganhar a GUERRA se aceitar e praticar o que vai ler agora.

NUNCA MAIS VOCÊ SERÁ A MESMA PESSOA!

“Naquela mesma noite, disse o Senhor a Gideão: Toma um dos bois de teu pai, a saber, o segundo boi de sete anos, e derriba o altar de Baal, que é de teu pai, e corta o poste-ídolo que está junto ao altar”. Juízes 6.25

Quando Deus pediu a Gideão para tomar o segundo boi de seu pai, o de sete anos (que representava a força, a segurança, o futuro, o máximo), a primeira razão foi para derrubar o altar de Baal, que era um monumento de pedra adorado pelos povos pagãos e vergonhosamente adotado pelo povo de Deus (o motivo da miséria de Israel - Juízes 6.10).

Da mesma forma, Deus nos manda tomar (apoderar-se) do segundo boi (o nosso máximo, o dificílimo), não apenas para levantarmos o Altar ao Deus Vivo, mas, primeiramente, para nós derrubarmos os altares de Baal que temos, que pode ser orgulho, medo, preconceito, apego a algo material e/ou a um familiar, a dinheiro, coisas erradas, mágoa, ódio, etc.

“Edifica ao Senhor teu Deus um altar no cume deste lugar Forte, na forma devida; toma (apodera-te) o segundo boi, e o oferece em holocausto, com a lenha do poste-ídolo que cortares”. Juízes 6.26

O sacrifício inteligente e voluntário, antes de agradar a Deus, tem que DESAGRADAR ao nosso eu, AFLIGIR ao diabo, IRRITAR aos seus filhos e REDUZIR a cinzas os nossos problemas.

Depois que o altar de Baal for derrubado, ainda temos que EDIFICAR o Altar de Deus para sacrificarmos o nosso segundo boi, ou seja, depois de VENCERMOS os nossos sentimentos, o medo, o diabo, seus demônios, e filhos, é necessário nos entregarmos de espírito (intelecto, inteligência), alma (sentimentos - desejos) e corpo (obediência - renuncia do próprio eu) e ficarmos 100% na dependência de Deus.


Enquanto o maldito altar de Baal (raiz da destruição) estiver de pé dentro das pessoas, Deus não se manifestará, pois Ele não divide a Sua Glória com absolutamente nada nem ninguém!


Por favor, fique de pé agora, aí onde você se encontra, e leia em voz alta: 

“Absorvo este Espírito Libertador por meio desta leitura. AGORA, sou liberto de todo engano emocional, religioso, preconceituoso, sentimental, tradicional e inseguro. Decido ser livre para obedecer ao Deus Vivo que me livrou da morte, para que eu lesse, entendesse, aceitasse e praticasse esta Verdade infalível que me faz, a partir de AGORA, mais que vencedor em Jesus, meu Rei e Senhor”.


ASSIM SEJA!!!


Bispo Júlio Freitas

Extraído blog BEM

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O GRITO QUE PAROU JESUS

Havia um homem interessante que andava sempre de bermudas, chinelos, com a barba crescida, e com os cabelos desalinhados! Ele parecia mesmo como um “doidão varrido”, precisava ver só! Era uma figura! O que ele fazia? Ele, simplesmente gritava e gargalhava! Ele parecia que não parava para comer! Era pelas manhãs, às vezes pelas tardes, noites, e também pelas madrugadas da vida! Ele incomodava, viu? Um grito primeiro e, depois, outro grito, complementando o primeiro e era assim que ele fazia: Primeiro: -“ Eu vou dar um grito, aqui, heim!” Segundo: - “Não faz isso, não!” Depois, soltava uma gargalhada gostosa: “Quá - Quá - Quá - Quá – Quá!” Andava, um pouco mais, e explodia outra! Mas, a bem da verdade, aquele era um GRITO INÚTIL! Era um grito incômodo, como o de Bartimeu. Ele estava gritando, ainda que de forma ERRÔNEA, mas gritava a dor do “eu” sozinho, da carência afetiva que, certamente, lhe faltava , ou a dor da incompreensão, da falta de seus parentes ou amigos, a dor dos incomodados que quer…

CADÊ A ALIANÇA DO CORAÇÃO?

— E aí, tudo bem? — pergunto. — Ah, mais ou menos — ela responde. Já vejo na resposta que ela precisa e quer desabafar. Vou perguntando, até que ela desabafa... — Olha, eu recebo as coisas que eu quero, mas minha vida não muda. Eu vou à igreja, oro por minha família e por minha vida financeira, vejo resultados, mas ainda falta algo. Acabei de chegar de uma reunião abençoada em uma de nossas igrejas e, ao fim, estava conversando com essa senhora e resolvi escrever sobre o episódio. Enquanto ela falava, eu prestava atenção olhando para a aliança em meu dedo e foi quando as palavras me vieram: - A senhora está vendo essa aliança? Sabe o que ela significa?
Ela me olhou espantada, deve ter pensado que eu era uma louca, pois não tinha nada a ver com o assunto, mas agora toda sua atenção era minha. Meu marido estava no altar aconselhando, eu apontei para ele e disse: — Quando me casei com ele, eu me comprometi a cuidar dele, ser fiel, ser companheira, fazê-lo feliz e amá-lo de todo coração. …

TRANSFERÊNCIA DE RIQUEZA

A Palavra de Deus diz: "Cantem de alegria, e seja feliz, que favorecem a minha causa justa" (Salmo 35:27). Isso significa que, aqueles que apóiam o Evangelho, fala aqui como Seu "causa justa", vai gritar de alegria e ser feliz! Estamos vendo gloriosas vitórias na terra hoje como o Evangelho está sendo pregado para as nações do mundo, e milhões de pessoas estão vindo para o reino.Esse versículo continua: "Sim, diga-se continuamente, que o Senhor seja ampliada, que tem prazer na prosperidade do seu servo." É vontade de Deus que você prosperar!Na verdade, a Palavra de Deus explica que estamos entrando em um momento em que veremos uma transferência de riqueza gloriosa para a pregação do Evangelho, para o financiamento da colheita do fim dos tempos. O dia virá em que a riqueza do pecador será dada aos justos: "O homem de bem deixa uma herança aos filhos de seus filhos: ea riqueza do pecador é depositada para o justo" (Provérbios 13:22).Já ho…